R U MINE?
"Não me acanho em ver
vaidade em mim.
Eu digo o que condiz.
Eu gosto é do estrago."

"Desculpa, é que nem eu mesmo gosto muito de mim. Fico meio assustado quando alguém me diz que consegue isso."

Gabito Nunes. (via se-eu-pudesse)

(Source: decepciona)


"De vez em quando fico triste do nada, com motivo ou sem motivo. De vez em quando fico feliz do nada, com razão ou sem razão. É assim, as vezes dá vontade de sair pulando, distribuindo beijinho, dando abraços e, em outras, dá vontade de mandar todo mundo pra muito, muito longe."

Clarissa Corrêa.    (via tchu-tchu-co)

(Source: decifro)


"Poderíamos casar. Não chegaríamos sequer perto do exemplo de família perfeita. Teríamos um apartamento, quem sabe uma casa com jardim e um cão com pêlo brilhante. Improvável. Tomaríamos café as cinco da tarde. Você reclamaria o fato de eu ligar o chuveiro horas antes de ir para o banho. eu, por você ter arranhado meu cd de jogo favorito. eu não admitiria o quanto você fica bonito quando bravo e você não diria que lembra da cor do sapato que eu usei quando nos vimos pela primeira vez. Discordaríamos quanto a cor das cortinas. Não arrumaríamos a cama diariamente, beberíamos juntos em algum club no final de semana. A geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário, de porcarias. Adiaríamos o despertador umas trinta e duas vezes só para ficarmos horas na cama enrolando e falando qualquer besteira. você me ensinaria alguma coisa sobre futebol, e eu te convenceria a assistir aquele filme no cinema. Sentaríamos na sala de pijama e pantufas, você iria direto para o caderno de esportes no jornal e eu comentaria alguma notícia qualquer. Você saberia o nome do meu perfume, eu saberia onde você largou a última edição da revista de música. Sairíamos pra jantar em algum dia de chuva e não nos importaríamos em chegarmos encharcados. Dormiríamos com o computador ligado. Nos beijaríamos no meio de alguma frase. Você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia. Saberíamos. Poderíamos casar…"

Caio Fernando Abreu.  (via casebre)

(Source: es-cri-tos)


"Amor, quando é amor, termina em barraco. Se termina em silêncio, já não era mais nada."

Gabito Nunes (via allaxg)

(Source: decifro)


"Foi estranho, vi todos os meus desejos numa pessoa só."

Cabeça ao vento.  (via se-eu-pudesse)

(Source: cabecaovento)


"Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos. E outros risos. E outras coisas."

Caio Fernando de Abreu. (via negativar)

(Source: sepultar)


tamponboy:

i want money but i don’t want to work for it image

(Source: wont-stop-to-surrenderr)


theme: cerejadosundae. Don't Copy bitch. + + +